DESCUBRA OS MITOS E VERDADES SOBRE OS TÃO FAMOSOS OVOS

porMS Assistência Técnica

DESCUBRA OS MITOS E VERDADES SOBRE OS TÃO FAMOSOS OVOS

 

De vilão a mocinho, o ovo está sempre nas discussões no mundo da alimentação saudável. E a
cada momento, surgem mitos em relação ao seu consumo. Nossa ideia é esclarecer alguns desses
famosos mitos e verdades.

OVO X COLESTEROL

MITO!

Não existem evidências que comprovam que o consumo de ovo pode elevar as taxas de colesterol – mas, como todo alimento, seu consumo deve ser feito com moderação.

O ovo, por conter em sua gema aproximadamente 215mg de colesterol foi considerado um vilão da dieta e sua recomendação de ingestão foi limitada durante muito tempo. Hoje, estudos têm demonstrado relação inversa entre o consumo de ovo e aumento de colesterol e ainda enfatizam os benefícios que podem trazer à saúde, entre eles memória e formação de novos neurônios. Estudos científicos comprovam que as doenças cardiovasculares estão mais relacionadas com a sensibilidade hereditária e maus hábitos alimentares, como a ingestão de gorduras saturadas, principalmente as trans, do que com os níveis de colesterol dos ovos.

O ovo, ao contrário do que muitos pensam, ajuda a aumentar o colesterol bom (HDL) por meio da lectina, substância presente da gema.

OVO X GANHO DE PESO

MITO!

Ovos são ricos em proteínas então você consegue aquele ingrediente criador de músculos necessário para queimar sua gordura abdominal. Quanto mais músculos seu corpo ganha, mais calorias ele precisa, o que quer dizer que você queima mais gordura.

Então se você achava que o ovo engorda, você estava enganado. Se você inclui a ingestão de ovos, você pode queimar gordura abdominal quando ingerido da maneira correta.

Um ovo cozido contém 72 calorias, fazendo com que seja uma boa adição a refeições se sua meta é
perder peso. A proteína presente no ovo é um nutriente que oferece saciedade e te mantém se sentindo cheia, reduzindo a chance de que você irá buscar alimentos não saudáveis entre as refeições. Um café-da-manhã que inclui ovos pode reduzir a quantidade de calorias que você come no resto do dia.

OVO X MELHORA FUNCIONAMENTO CEREBRAL

VERDADE!

O ovo pode aumentar o QI e melhorar o funcionamento do cérebro porque tem alto teor de colina e
ômega 3. A colina é importante para a função cerebral em adultos e previne contra doenças
neurodegenerativas, sendo importante para pacientes com Parkinson e Alzheimer. Além disso, em
gestantes, o ovo de galinha pode fornecer colina suficiente para o desenvolvimento do cérebro do feto.

Também é ótimo para crianças em idade escolar.

OVO X DOENÇAS

MITO!

O ovo é um alimento com uma composição extraordinária e não provoca qualquer tipo de doença. Mas, caso não seja manejado de forma adequada, pode ser um meio de cultura para o crescimento de bactérias como a salmonela. É esse agente e não o ovo que pode provocar problemas alimentares no consumidor. Precisamos entender que o problema da contaminação do ovo, principalmente por salmonela, é devido à exposição desse ovo em ambientes mal higienizados e a temperaturas elevadas.

Um estudo publicado no Medical Science Monitor provou que comer um ou dois ovos por dia não aumenta os riscos de doenças do coração em pessoas saudáveis. Em 2012, uma pesquisa canadense mostrou que o ovo possui propriedades antioxidantes que ajudam a prevenir as doenças cardiovasculares.

OVO CRU X DOENÇAS

VERDADE!

É sempre bom evitar o consumo de ovo cru e maioneses, bem como ovo mal passado com a gema mais
mole quando não se conhece a procedência e a maneira de conservação desses ovos. A avidina,
substância da clara do ovo cru, interage com a biotina no intestino e inibe a absorção dessa importante vitamina, além do risco de contaminação por salmonela.

Na hora de preparar, prefira consumir os ovos mexidos, na forma de omelete, cozidos, em panquecas leves e em preparações como, bolos integrais de frutas, tortas saudáveis, etc.

CLARA X GEMA – melhor só a clara?

MITO!

Gemas de ovo são ricas em colesterol. Como a maioria dos alimentos ricos em colesterol, elas são ricas em nutrientes importantes, especialmente as vitaminas solúveis em gordura e ácidos graxos essenciais. Na verdade, os nutrientes da gema de ovo são tão variados que algumas por dia oferecem melhor segurança que um multivitamínico. Mais importante, a gema contém a maioria dos nutrientes do ovo. As claras de ovo, por outro lado, contêm muito menos nutrientes. A única coisa que pode justificar seu consumo é sua ligação com a gema. Esqueça essa crença de que gema do ovo engorda e faz mal à saúde. Se você remove a gema do ovo sempre que come um ovo, você está tirando a maioria dos nutrientes do ovo.

OVO X SACIEDADE

VERDADE!

Estudos mostram que comer um café-da-manhã rico em proteína, feito de alimentos como ovos, pode te ajudar a se sentir cheia por mais tempo – e isso sempre pesou em favor dos que defendiam que o ovo emagrece. O ovo inteiro é rico em compostos que promovem muitas das funções do corpo, como triptofano, um aminoácido que é o precursor da serotonina, que pode ajudar a melhorar seu humor e controlar o apetite.

Sobre o Autor

MS Assistência Técnica administrator

Deixe uma resposta